Ísis Dumont -  Prosa e Verso
Apenas palavras que a alma e o coração não calam.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos



Eu e a outra



Sentada sobre a pedra,

olhar e pensamentos distantes.

Suas vistas cansadas

já não veem como antes.



Deslizo entre poças de lama.

Rodopio sobre ondas tranquilas,

de brancas espumas,

que massageiam minhas bochechas.



Ela abraça a noite, sem vontade,

na hora "imposta", sem outra opção.

Insone, às vezes sonha com um amanhecer

sem o peso das pálpebras

carregadas de sono.



Eu danço no compasso

da Lua cheia.

Eu abraço, e me abraço.

Rodopio no espaço e aperto

o nó de nosso laço.

E me preparo todas as manhãs,

para ser ponte,

alçar voos maiores,

alcançar horizontes

e virar um Mar... doce calmaria

na nova Aurora de meu Deus!


Da outra?

Ficou apenas um retrato

de perfil, manchado, apagado.

Moldura corroída pelas traças.

Antiga lembrança na parede,

que a vida esqueceu.

Mas o tempo

faz questão de lembrar

que essa outra que ficou para trás

e sequer existe mais,

um dia... fui eu.
***********

 
Foto: em Recife-PE, 04/03/2018.
Praia de Boa Viagem.
Beijinhos de feliz "Bom dia", nesta manhã de chuvas caídas na madrugada.
Breve... farei uma surpresa a Vocês! rs
E mais:
Visitarei todas as Escrivaninhas, retribuindo suas visitas, com muito carinho!
Só um tanto atarefada no momento.
Aguardem só um pouco.
Obrigada.
Ísis Dumont
Enviado por Ísis Dumont em 09/03/2018
Alterado em 10/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras