Ísis Dumont -  Prosa e Verso
Apenas palavras que a alma e o coração não calam.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


 

PERFEITO PEREGRINAR


 
Não lamento os passos algumas vezes improdutivos, quando incansavelmente busco a ti, assim como fazem os beija-flores, ávidos pelo néctar.
Diferente desses, eu visto-me de silêncio, e discretamente embalo em meu peito estrofes de uma canção que te fará sorrir e abraçar essa sensação de liberdade e felicidade tal e qual experimento agora.
 
Nessa viagem meus pensamentos compõem uma valsa e, em cada estação, mais motivada vou bailando, driblando a saudade ao sentir a proximidade de tua presença.
Meu corpo, de tão leve parece flutuar.
Permaneço centrada na firmeza das folhas, nas quais desenho com letras d’ouro teu lindo nome.
 
Em ti eu busco a segurança de um ancoradouro. A liberdade inocente das gaivotas e o canto feliz de um prisioneiro, que após anos sem ver a luz Solar, ouve o anúncio da tão sonhada liberdade.

Busco em você uma paisagem só minha,
na qual eu possa desembarcar, admirar e descansar.
Mesmo sem querer saber se isso é absurdo, eu continuo buscando em você o porto seguro, a nau "perfeita", à qual quase nenhuma tempestade alcançará.
 
Mas... eis que de repente a noite vem, sacode-me contra a parede de meus versos  e me faz recobrar os sentidos.
Me percebo perdida numa lógica
intrinsecamente contida. Acordo e abraço-me com a saudade daquilo que busquei sem jamais conseguir me aproximar...
E mesmo sendo sonho, fiz de ti meu universo, e das respostas que obtive nessa busca, a ousadia de sonhar e mais e mais amar.
*********************************
www.isisdumont.prosaeverso.net 


 
Aparecida Ramos (Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos (Ísis Dumont) em 20/01/2018
Alterado em 20/01/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras