Aparecida Ramos -  Prosa e Verso
Apenas palavras que a alma e o coração não calam.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


 

Imagem relacionada

 Vem de Longe um Sussurro 
 
Vem de longe um sussurro trazido pelo vento.
Tão sutil, quase não é possível ouvir.
A calmaria dessa noite me deixa mais plácida...
Semelhante à brisa suave que chega ao regato e
pede para  repousar sobre águas mais tranquilas.
Chega sorrateira e me diz palavras que eu nunca ouvira de ninguém...  palavras  tocantes, dessas que
deixam minha alma ainda mais enternecida.
Me remete ao passado longínquo, retalhos de
minha história.

A brandura de tua voz tão doce, tão suave, tão bela...
dizendo-me coisas que eu sempre quis ouvir,
soprando igual vento ousado em meus ouvidos
me leva a imaginar doces momentos...
Me faz sonhar em como seria minha vida junto a ti.
Você tão lindo, atraente feito raio de sol
envolvente, como o mais apaixonante poema de amor.
Tranquilo, um sonho a imaginar, te sinto
inteiro, presente.

Na estação primavera, a Flor (rara) que brotou
no jardim da poesia.

O amor mais sublime que ao universo encantou.
******************************
Fevereiro de 2017.

 
Ísis Dumont
Enviado por Ísis Dumont em 17/02/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras