Ísis Dumont -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos





Nem tudo convém


 
 
Pacientemente
 debruçada sobre
 a grade da varanda
aprecio o
entardecer,
vejo o declínio
da tarde
os raios dourados do sol
sumindo
por trás da cortina da serra.
 
 
 
Pacientemente
escuto uma música
que me lembra
alguém importante,
o som
que "me" chega
vindo do outro lado
da rua.
 
Pacientemente
observo,
escuto
e tento compreender
ou ajudar pessoas.
 
Sou atenciosa
e paciente
com as "coisas"
que merecem meu tempo,
minha atenção.
*********************


13312677_1060249584050560_8629403879930597303_n.jpg


RJ, 19/06/2016
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 26/06/2016
Alterado em 26/06/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras