Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos

1025984_953413908067462_4748521135097986604_o.jpg


Aspirações
 
 

Decididamente hoje eu quero sorrisos sinceros enfeitando as ruas
Declarações de amor em
cada esquina,

e as pessoas dando – se as mãos.
 Quero as crianças brincando livre nos gramados da vida, e seus pais trocando ideias com os vizinhos, longe das 'preocupações'.
 
Eu quero abraçar os sonhos que
ainda se encontram nas janelas,

Quero me ver no teu olhar e
Sair no meio da noite
contando
as estrelas.
 
Eu quero pedir desculpas e até perdão
pelas vezes que falei
‘de mais’, sem ouvir o que dizia
meu coração.


Vamos sair levando alegria em
nossa voz,

Deixando um rastro de esperança
nas portas da noite,
Como se fosse um presente para
cada um de nós.

 
Eu quero levar comigo aquele poema
Sei muito bem que vai tocar
teu coração.
Quero a hipocrisia bem longe
dessa cidade

e quero ver 
a maldade ser enterrada com

a Corrupção.
 
Quero levar comigo alguns poetas para fazermos uma serenata
Nas calçadas do teu coração,

O alvorecer estará sorrindo,
batendo
palmas
Quando ouvir

os ‘Vivas’ da população.
 
Eu quero ver as pessoas banhadas
de sol,

Cantando em alta voz
uma canção

Que fale de ternura, amor e paz
Ao som de nossa voz
e violão
****************************

isisdumontprosaeverso.net
Inspirou - me:
'Sem Mandamentos' (Oswaldo Montenegro)

 

 
  

 

 
 
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 27/12/2015
Alterado em 27/12/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras