Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos

Entre um e Outro Véu

 
11267193_842385629169626_4943739467920057007_n.jpg?oh=72d43037ee873036a20d7ad4a23695bb&oe=560684B8&__gda__=1443430193_5c2d66f4d9ed2497b6d78ef996a49b78
 


Não era apenas um véu... o que cobria sua cabeça. Havia um outro, transparente, invisível, mas estava lá... Aquele que, como um turbante envolvia sua mente, sufocava, amordaçava sua consciência e não lhe deixava 'pensar', refletir, raciocinar para enxergar de fato a realidade a qual já dava sinais, de como seria, diante de seus olhos, e sinalizava para um futuro... tão "comprometedor'! 
A vida, por vezes parece um emaranhado, um labirinto no qual nos deparamos com 'surpresas' diversas, muitas nem sempre agradáveis. Paciência um pouco mais! Eis que cenas do filme 'inesperado' ainda não acabaram.


**********************************


isisdumontprosaeverso.net
 
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 19/05/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras