Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos


Como esquecer quem amamos?
 

Ah! Se pudesse outra vez, eu gostaria de

dormir em seu colo, me sentir protegida

em seus
braços, ouvir suas histórias,

tentar entender seus
conselhos...

Gostaria de, ainda receber seus beijos,


sentir suas mãos, pela manhã,

desembaraçando 
meus cabelos.

Sabia que para mim o tempo não
passou?

Ainda escuto o som de sua voz,


Lembro seu bom humor, suas risadas ou

olhar
sério quando "aprontávamos".

Faz muito tempo,


mas a saudade e as lembranças doem,

machucam 
como se fosse hoje...

Você não morreu, apenas passou a morar

n'outra
dimensão...

Eu te amo muito mais que ontem!

-Meu pai!

Isis
02/11/2013
 
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 02/11/2013
Alterado em 03/11/2013
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras