Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos



"Pagando" o  Preço
 
 




Não atribuas a ninguém
Pagar o preço de sua irresponsabilidade.
Filhos... não pediram pra nascer.
Sensível como sou...
 Não suporto mais vê-los sofrer.
Você promete e não vem,
Ainda sabendo que eles tem todo direito.
Lembre-se que são nossos filhos.
E não merecem sofrer desse jeito.
Um dia serão adultos também.
E não deverás exigir deles
Nada daquilo que negastes
Quando  eles mais precisavam.
Sei que faço minha parte.
Faço além dos meu limites.
Sou mãe e pai nas tuas omissões,
Mas não posso assumir totalmente
A parte que só a ti cabe fazer.



“Atam fardos pesados e insuportáveis e colocam-nos aos ombros dos outros, mas eles mesmos não põem nem um dedo para os deslocar. Mt 23, 4
 
 



Isis Dumont
Imagem, como a maioria em meus textos, do Google.
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 06/11/2012
Alterado em 06/11/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras