Ísis Dumont -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos






FELICI"DADE", AMIZADE, E MINHA FOTO DO PERFIL




"Dade" (como é carinhosamente chamada) essa morena cor de chocolate, de pele tostada de sol, é uma das "minhas" mulheres...
(da poesia "Onde Estão as Minhas Mulheres?")
Conheço-a desde minha infância.
Casou muito jovem (com um homem viúvo)...
Por isso, ganhou no dia do casamento, uma dúzia de filhos para "cuidar". E, posteriormente, também teve seus filhos legítimos. Tendo cuidado de todos com o mesmo carinho e amor de mãe.

Mulher muito forte, trabalhadora do campo, corajosa, decidida, amiga, solidária, batalhadora e grande vencedora...
Essas qualidades e outras mais, contribuíram para que, mesmo em meio a inúmeras dificuldades e adversidades "naquela época", ela tivesse se tornado a madrasta, e a mãe que os enteados perderam.

Atualmente, todos já casaram e moram fora, a maioria. Mas o carinho e o amor por aquela que amou, cuidou e educou (os filhos do marido) é retribuído em cada visita que recebe dos enteados, "netos" e "bisnetos" que residem no sul do país e em outras cidades.

Na foto (à dir.) Cida (minha amiga e uma das netas de Dade) residente no RJ. Tirada em 05/05/12.

Nossos reencontros são sempre motivo de alegria, muita conversa pra matar a saudade, e de uns "comes e bebe", além de posar para foto "de recordação".

Dade reside em minha cidade. Apesar da idade avançada, possui boa saúde, é ainda bastante ativa, participa de atividades na comunidade, viaja e cuida dos afazeres domésticos. Está sempre alegre, bem humorada e disponível para acolher os que chegam em sua casa.
Gosto desses bons momentos... As verdadeiras amizades devem ser preservadas, tal qual uma plantinha que a gente cuida para não deixar morrer.

Isis Dumont
20/05/2012



 


Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 20/05/2012
Alterado em 01/02/2013
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras