Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos


MÃE

images?q=tbn:ANd9GcSo5NJ9gVBUazKkZ8F56wuECCXbrNmg7aPagxThBuj1IJTPBu0H

Mãe, a vida, foi você quem me deu..
E a cartilha me fez entender
Tudo o que eu sou, o que eu tenho o que eu sei
Mãe, eu devo a você....
Mãe, eu juro que não esqueci
De tudo aquilo que você me ensinou
Eu lhe agradeço pelo bem que me quer....
Mãe eu adoro você....
Mãe eu vivo pedindo a Deus
Que esteja sempre ao seu lado...
Lhe cubra de bênçãos iluminando, seu lar,
Que um dia tão triste eu deixei.
Mãe eu me lembro quando eu parti
Dos seus olhinhos vi uma lágrima cair
Se você quiser me ver, se a saudade apertar
Mãe eu aqui estarei.
The Fevers
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 12/05/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras