Ísis Dumont -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos



PRONUNCIAMENTO ONTEM NA CÂMARA MUNICIPAL...


Olá, queridos amigos e amigas, tenham um excelente sábado!

Sei que trata-se de uma questão local, mas desejo partilhar com vocês mais esse pedacinho de minha vida. Motivada hoje cedo pelo amável comentário deixado pelo professor, universitário, profissional da comunicação e Blogueiro Wellington Rafael, de quem eu sou fã, grande admiradora de seu trabalho e seguidora em sua página. E agradeço pela visita e o carinho de suas belas palavras.
 
portal.jpg

Na Sessão de ontem (à noite) na Câmara Municipal, durante o meu pronunciamento, entre outros assuntos relevantes, fiz alusão às grandes dificuldades que os nossos jovens enfrentam, quando, ao completar 18 anos, e com apenas o ensino médio concluído, saem em busca de uma vaga no competitivo e cada vez mais exigente mercado de trabalho.  
 
Se para os jovens que, além do ensino médio possuem um curso de informática, a situação já é  bem difícil, imagine para aqueles que nem um diploma de noções básicas de informática, possuem. Entre esses estão os jovens de nosso Município. Por não existir essa oportunidade, esse acesso em nossa cidade, e a grande maioria não dispõe de condições financeiras  que lhes possibilite pagar um curso básico de informática em outra cidade da região, eles saem da escola sem a mínima preparação para exercer qualquer profissão, e partem  para buscar sua inserção no mercado de trabalho.
 
Eu, pessoalmente, fico muito triste quando converso com os mesmos e os escuto falar que já fizeram a inscrição ou cadastro no CINE ou deixaram seus currículos em algumas empresas,  porque, a maioria não possui nenhum outro diploma além do certificado da educação básica. E por esse motivo, dificilmente haverá espaço para quem não possui um currículo em que pese alguns cursos de capacitação profissional, pelo menos.
Em 2005, o então Presidente Lula criou o Programa de Inclusão de Jovens, o mesmo tem entre suas metas a Inclusão Digital.
 
Penso que os gestores municipais deveriam assumir essa responsabilidade, deveriam, sim, ter essa preocupação de investir na juventude. Afinal, a necessidade de capacitação profissional entre esse público também deveria ser vista como uma demanda social, e não passar despercebida. Está mais do que na hora de os senhores gestores, representantes do poder que pode e deve executar as ações em prol do município, lembrar que os jovens não querem ser lembrados e chamados apenas na hora de participar ajudando nas campanhas eleitorais, distribuindo panfletos, engrossando as "alas" das torcidas pelos candidatos, segurando ou agitando bandeiras dos partidos... etc, etc, etc...
 
Cobrar esse compromisso, essa atitude dos futuros governantes é e será papel do Poder Legislativo, e nesse eu me proponho a conduzir essa bandeira, esse ideal, e lembrar aos companheiros que nós também somos responsáveis. Entretanto, os jovens também devem fazer a sua parte, cobrando da mesma forma, propostas de políticas públicas que venham  beneficiá-los.
 
Uma escola de informática ou um centro de inclusão Digital no município, levaria os jovens a ter mais esperança e confiança no futuro. Levaria-os a acreditar em uma perspectiva diferente, a vislumbrar um pouco mais de possibilidades no futuro como cidadãos e trabalhadores. E todos sabemos que um investimento desse porte não significa algo impossível para o município. É questão de visão, vontade política aliada ao compromisso com a causa.

Se eu fosse gestor/gestora municipal teria um grande orgulho de investir na juventude de meu município, contribuindo para que esses jovens pudessem alcançar mais êxito em suas buscas por uma vaga no injusto, famoso e desleal "mundo do trabalho."

 
Aparecida Ramos
Vereadora-PR

 
1 comentários:
  1. OwAAACOJdOakXbMhcGThLNclrWhvlINQ2HqGLzP9YWHxDdbrac77o7IslVcYr9lPpwAat5p_zKbdlnORumUUy-2DIZwAm1T1UKbnw7WJ3mZs2mIC9Nk5PzfeRNow.jpg

    Belo gesto o da nobre vereadora Aparecida Ramos, de lembrar das dinâmicas que permeiam as vidas dos jovens brasileiros, sobretudo dos que mais necessitam de atenção e inclusão social, onde apontamos a educação como a maior de todas as saídas para que os mesmos encontrem caminhos menos tortuosos e desenvolvam seu cognitivo, além de desenvolverem-se nas relações sociais, estruturas familiares e melhor oportunidade de emprego, inseridos de forma qualificada no mundo do trabalho. 

    Um coração jovem, sem dúvidas é guiado por uma mente também jovem, parabéns Aparecida Ramos.

     
    PS. Minha foto foi tirada no dia da Diplomação, após a Campanha, em 2008.

    No meu Perfil, passou despercebido, esqueci de colocar meu nome verdadeiro. Isis é uma criação minha. Depois falarei sobre o seu nascimento.

    Agradeço-lhes a compreensão, amados e amadas desse Recanto de amor e palavras...

    Todos os comentários serão retribuídos com meu maior carinho por todos e todas.


    Beijos carinhosos pra você que me lê!!!

    SIMPLESMENTE:

    Isis Dumont

Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 03/03/2012
Alterado em 09/03/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras