Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos

A COR DA TRISTEZA

crying-tears.jpg

Minhas noites e dias tem sido infelizes,
cinzentos, tem a cor da tristeza...
Esse teu silêncio, teu retorno que parece
nunca acontecer, tem sido para mim uma verdadeira tortura.
Tenho tropeçado nas palavras,
muitas vezes perdido o equilíbrio
e a noção do que tenho para fazer...
Me emociono, minhas lágrimas escorrem
em meu rosto triste...
a qualquer momento que as tuas
lembranças chegam junto a mim.
Penso que você nunca se apaixonou,
nunca sofreu por amor
ou... quem sabe, peço antes o teu perdão,
mas sinceramente, às vezes chego a pensar
que você, por mais que eu te ame...
NÃO TEM CORAÇÃO!

Isis Dumont
Um dia qualquer, de um ano novo qualquer e em algum lugar do planeta...
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 22/01/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras