Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos


Fly
 
 Não se habitue às mesmices
Não se acostume com o óbvio apenas
Não se prenda às banalidades 
Você tem potencial, não deve se limitar
somente a  espectar as margens
Você pode buscar conhecer novos ares
Subir para novas atmosferas 
Sair para experimentar novos lugares.
Já parou para se perguntar sobre:
"o que é que te prende"?

 
Você tem potencial, não deve se limitar
apenas a espectar as margens
Você pode pegar seu barco e
remar rio afora 

Quando isso acontecer, você estará
subindo para novas atmosferas,
conhecendo novos lugares
E, assim deverá ter novos ouvidos,
uma maneira nova para captar os sons
 
Subindo para novas atmosferas
Você conhecerá lugares celestiais
E absorverá novas revelações.
 
O que você está fazendo agora,
no presente?

Aonde você está indo?
Quais os lugares(reais/virtuais) que anda frequentando?
O que você oferece?
O que oferecem a você?
 
É fato que alguns de vocês vem lutando
há bastante tempo,
lutando contra essa guerra terrestre.
Vocês vêm lutando,
mostrando sua força de trabalho

Expondo punhos machucados ou feridos.
Saibam e creiam, Deus os convida
a novos lugares,

a conhecer novas revelações,
novas perspectivas.

Deus os convida a voar, 
a se encantar com a vista aérea. 
Deus lhe deu o sopro da vida
Deus lhe deu o ar,
lhe deu asas;
está na hora de estendê-las,
desfazer-se das coisas ou situações que te prendem, te limitam.
Jogue pela janela as coisas pequenas
que te detém...
Abra suas asas, faça bom uso das mesmas, voando.
Voe... voe... apenas voe. 
A inspiração não fluirá onde você está.
É necessário voar...
Voe... apenas voe!
E ouça Deus te perguntando:
- Você vê o que eu vejo?
-Você ouve o que eu ouço?
-Você sabe o que eu sei? 
-Você quer o que eu quero?
Voe... apenas voe
Apenas voe!
Eu lhe dei asas pra isso,
para que você voasse 
e se libertasse das coisas que te impediam,
das correntes que te prendiam,
dos feitores que te escravizavam.
Eu lhe dei asas... 
Voe, filho(a) meu/minha, 
venha até mim, e depois
continue voando feito pássaro no ar.
Você escapou das armadilhas,
se livrou das correntes e das ciladas do inimigo.
Eu te libertei... Você está livre!
Não mais permita que nada,
nem ninguém o detenha!

Voe... e nada mais o deterá,
nem o limitará.

Fly!... Fly!... Fly!!
****************
A partir de hoje, caríssimos(as), estou visitando e retribuindo comentários em suas escrivaninhas, com muito carinho e alegria.
Está tudo bem.
Desejo-lhes paz e tudo de melhor!
Inspiração quando ouvi:
FLY (Jason Upton)

Imagem no link:
 https://www.google.com/search?q=Fly+voe+alto&tbm=isch&ved=2ahUKEwjRpI7KjujrAhVJBrkGHZo3BMsQ2-cCegQIABAA&
Aparecida Ramos
Enviado por Aparecida Ramos em 14/09/2020
Alterado em 14/09/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras