Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Em uma noite de Setembro de 2019, na Inauguração da Biblioteca "Zacarias Maurício de Pontes"da E.E.E.F.M. João de Freitas Mouzinho, onde trabalhei até me afastar por tempo de contribuição há alguns anos.


POESIA E AMOR

A noite adentra,
a saudade atormenta
o canto da lira
a Lua cor de prata;
no jardim a roseira
eclode certeira
vendo o Sol nascendo
por detrás da mata.
*************
Aparecida Ramos



Site do Escritor criado por Recanto das Letras