Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos




BATALHA PERDIDA

 
   Confesso que já andei rabiscando, rasurei e apaguei quase uma dezena de vezes... Mas o sonho persiste: escrever um poeminha e juntar a isso coragem para colocar na tua janela... Tenho vivido, ultimamente, meio enclausurada, desvencilhando-me dos vizinhos, dos colegas de trabalho e até de alguns amigos mais próximos, só para ver se a inspiração resolve dá o ar de sua graça, e feito passarinho vir pousar no meu jardim. Já rezei, orei, pedi ao Céu, abalei todos os santos, mas sem êxito algum. Uma noite dessas sonhei que deveria recorrer aos poetas imortalizados. Recorri a Drummond, Lispector e até ao Poetinha na tentativa de que surgisse pelo menos um verso... Mesmo que fosse um poeminha ridículo, que te fizesse gargalhar em meio a todo esse caos, que às vezes nos sufoca. E se tu achasse meu poeminha bobo, algo meio infantil ou coisa de adolescente, eu iria me divertir só de pensar em teu semblante confuso, desconcertado, teu rosto vermelho, enquanto meu coração estaria a sentir essa desordem positiva mesmo à distância. Quem sabe, qualquer dia desses eu irei conseguir a façanha de desvendar um poeminha que te faça lembrar de mim ao entardecer, ou pela manhã enquanto regas teu jardim. Quem sabe, tu consigas pensar em mim pelo menos durante um dia inteirinho até a rotina te recolocar no lugar. Sei que essa luta é vã, mas não me entrego, não cedo, não desisto. Porém, enquanto o poeminha não sai, me mantenho firme na certeza de que não devo aceitar a ideia de não te ter comigo. Sabe, passei a sofrer de insônia como nunca tive antes, só de imaginar: que poema teria que escrever... para prosseguir numa luta (quase) vislumbrada como perdida, mas sem te perder.
***********************

Referência ao 'Poema' que não escrevi na última Terça-feira (18/08, dia de meu aniversário. Selfie tirada na data mencionada.
Gratidão, carinho e afetos verdadeiros a todos(as) que me leem!!
Carinho!!! | Gifs e Mensagens
 
Aparecida Ramos
Enviado por Aparecida Ramos em 24/08/2020
Alterado em 03/09/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras