Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos


O QUE POSSO ENQUANTO EM QUARENTENA
(Eu posso, nós podemos!)
Posso ver e contemplar sem pressa o Sol ressurgindo todas as manhãs
E me banhar sob seus feixes doirados à cada entardecer...
Posso intensificar mais minha espiritualidade através do exercício da oração diária, sem cansaço, sem estresse, sem sono...
Posso ver Filmes, como antes eu não via...
Posso ler meus livros preferidos e ouvir música de qualidade...
Posso ligar... ou conversar (através do Whatsapp) com meus filhos(as), com familiares, amigos, vizinhos, ou conhecidos reais ou virtuais, próximos ou distantes, agora com muito mais tempo, inclusive, para jogar conversa fora...
Posso organizar gavetas e armários;
escolher roupas, calçados ou outros objetos para doar a quem necessita...
Posso organizar melhor, repensar e
mudar o layout de minha casa...
Cuidar mais das minhas plantas...

Posso fazer a comida de minha preferência,
inventar ou pesquisar algumas receitas e fazer melhores pratos...
Posso escrever, dispondo de tempo à vontade, palavras, pensamentos ou versos, que é algo para mim muito prazeroso...
Posso refletir muito mais sobre o atual momento, sobre minha vida, sobre esse mundo... sobre o pretérito e o presente, porque o futuro é apenas expectativa...
Posso tudo isso e muito mais, sem esquecer das pessoas que já perderam seus entes queridos... sem esquecer das pessoas que sequer podem ficar em casa porque lhes faltam comida, produtos de limpeza e muito mais... entre essas milhares de brasileiros(as) que moram em comunidades (favelas) nas grandes e médias cidades...
Posso tudo isso e muito mais, sem esquecer os irmãos e irmãs desempregados, prestadores de serviços, deficientes, pessoas "especiais" e doentes acometidos por comorbidades, entre outras, esses que estão entre os mais vulneráveis ao vírus Covid-19.
Mas o pior de tudo é que não sabemos de nada!
Cientistas estão preocupados em encontrar o quanto antes a solução.
Há muitas informações "desencontradas". E isso tem gerado insegurança na população. As mídias tem propagado notícias, onde muitas mais desinformam do que informam. Às vezes, alguns desses veículos nos dão a impressão de que apostam no "quanto pior, melhor".

É notório que há muita especulação... Que a politicagem tenta se sobressair em meio à crise... E isso é por demais lamentável e revoltante!!
A pandemia existe, está aí, e apesar da existência de "grupos de riscos" qualquer pessoa pode ser contaminada, e qualquer um/a pode morrer. O Coronavírus não escolhe grupos, classe social, nem idade. Estamos todos/as do mesmo tamanho e dentro do mesmo pé de igualdade... Somente o inimigo invisível, o Covid-19 para tornar os "desiguais em iguais"!
Oremos para que a ciência indique a cura desse mal tenebroso, e até mesmo a vacina! Para que a humanidade volte à sua normalidade, dessa vez mais fortalecida, mais amadurecida e vendo o mundo através de um olhar mais humano, amoroso e transformado!
Meu repúdio veemente a todos(as) aqueles(as) que em nome da politicagem e de interesses mesquinhos colocam a saúde e a vida da população em segundo, terceiro ou quarto plano!!

Aparecida Ramos
Imagem: https://www.bing.com/images/search?view=detailV2&id=7339E1336DA1ECE7



 
Aparecida Ramos
Enviado por Aparecida Ramos em 19/04/2020
Alterado em 19/04/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras