Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos


Imagem relacionada
Um jeito autêntico de ser

Nada de novo tenho para contar. 
Apenas busco viver o momento.
Estando longe quero estar junto
e estando junto, já morro de saudade.

De novo mesmo são as rosas, e 
as damas-da-noite que eclodem no jardim
à cada anoitecer...

Sentada na relva respiro o perfume das flores
e volto a ser menina como nos tempos de outrora,
quando, perseguindo as borboletas,
colhia flores e contava estrelas.

De novo nada trago na bagagem,
apenas esse desejo, esse sonho antigo
de ser eu mesma carregando comigo
minhas verdades ditas, e algumas mentiras
porque o sonho da “quase perfeição”
ainda vagueia à distância.

De novo esse meu jeito novo, reinventado.
Um jeito autêntico de ser.
Aparecida Ramos
25/06/2019, às 21:34
Inspiração na página do poeta/prosador:
Takinho.
Gratidão a você!!
Visitem a escrivaninha do poeta:
"Autenticamente esse jeito de ser"

https://www.recantodasletras.com.br/prosapoetica/5908390
images?q=tbn:ANd9GcRe0ZiA-8RoSTNZt8MCLzOKlQiLt10B3mygQrYfS5Ht_AvosEMZhA
Imagens do Google.
https://www.google.com/search?q=um+jeito+autentico+de+ser
 
Ísis Dumont
Enviado por Ísis Dumont em 25/06/2019
Alterado em 25/06/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras