Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos


 
Estrelas e Mar azul

A madrugada repousa em breve sono
No aconchego do rastro da Estrela matutina.
Tudo é válido,inclusive quando existe amor,
Até mesmo o esforço que fazemos
Para enxergar melhor a beleza do Céu estrelado.
 
É possível que só as emoções descobrem “sentires”,
Mas a razão mesmo sendo apenas uma linha tênue
Quando resistimos em não ver o obvio...
descobrimos que esse fio condutor existe para
nos servir de alerta,


Enquanto o Mar azul insiste em nos manter ali.
Absorvemos a calmaria das ondas repousantes
Após o Crepúsculo desse dia que deveria
ser interminável...

O coração mesmo sofrendo sabe ser certeiro.
  
Se abrem portas de um novo dia, um novo Sol.

Havemos de juntar nossas mãos clamando a paz.
Todos os dias renasce a esperança nos corações
Daqueles que acreditam na dádiva maior
Que é viver... e poder contemplar todo resto além
Desse Céu povoado de estrelas.
 
No azul do Mar deixei guardado nosso segredo.
As noites se revezam entre luares e escuridão.
para que estrelas fotografem cenas do amor
mais belo.
Não nos faltarão oportunidades para apreciá-las,
agradecer e aplaudir a gratuidade do viver.

***********************************
**********************

Imagem:

https://www.google.com/search?biw=

 
 
 
 
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 02/01/2019
Alterado em 02/01/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras