Ísis Dumont -  Prosa e Verso
Apenas palavras que a alma e o coração não calam.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


 
A força do silêncio

Não se pode calar uma mulher.
Tirem-lhe a voz, restará a ousadia.
Tirem-lhe a ousadia, restará um nome,
e em nossas bocas restará 
a sua antiga fome
de falar
de protestar
de gritar.

Dê-me a fórmula para calar o vento.
Ninguém jamais o fará.
Quando o vento sopra, 
vem com a força do pensamento.

Ninguém cala ninguém.
O silêncio de uma pessoa, soa
tão alto quanto um discurso.
Tal como o leito do rio
por onde a água passou.
E mesmo havendo secado,
seu leito não acabou.
************************

20180311_090242.jpg
Inspiração:
Lendo Afonso Romano de S' Antana.
Para ser mais precisa, este é o título do poeta:

"EPPUR SI MUOVE", que inspirou-me esta singela construção.

Imagem: 
https://www.google.com.br/search?q=a+força+do+silencio&source=
 
Ísis Dumont
Enviado por Ísis Dumont em 14/03/2018
Alterado em 14/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras