Ísis Dumont -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos


Quem (realmente) Sou Eu?


Resultado de imagem para quem sou eu?
 
Conhece (antes) a Ti mesmo

Quem sou eu? Quem é você? Será que nos conhecemos de verdade? Será que sabemos quais são nossos limites?
Temos coragem de olhar no espelho e tentar enxergar quem realmente somos além do exterior, ou tememos encarar nossa verdadeira face sem as máscaras que usamos diante dos outros? 


Resultado de imagem para quem sou eu?

Conhecer a si mesmo (embora seja muito difícil) é requisito importante para saber lidar melhor não somente consigo mesmo, mas com os outros/relacionamentos.
Em primeiro lugar, será que não devo ser amiga de mim mesma, para depois ser do/a outro/a?
Como é que eu vou entender uma situação que alguém está vivenciando, e até ajudar se for necessário, se eu não aprendi a lidar com as minhas dificuldades, se eu não fui capaz de ajudar a mim mesmo?
Mostrar as aparências é muito fácil... Conhecer-se interiormente é mais que um desafio, é um processo bastante complicado. Penso que a maioria das pessoas não possui “noção” da necessidade de “conhecer-se a si mesmo”. Durante muito tempo, confesso que fui assim. Não entendia que precisava me preocupar em saber quem sou. Certamente uma parcela significativa de pessoas, ao conhecer alguém (verdadeiramente), logo se distancia. Deve ser dorido para elas conhecer os outros e darem-se a conhecer.

Quanto a ser mais eu
Toda vez que faço questão de ser "mais" eu, posso me descuidar e acabar deixando que os outros escorreguem, fiquem pelo caminho e desapareçam, ou seja: acabo esquecendo (momentaneamente ou não) ou não me importando com os mesmos.
Pé no chão, mão na consciência; acima de tudo: humildade. Essa é a palavra -chave, o segredo para que, ao me conhecer e conhecer o outro, eu não me julgue superior, mas apenas diferente sendo igual, e principalmente não o abandone por isso.
***********************************

Ando um pouco atarefada, mas já voltando ao "normal" rs, para visitar a todos vocês, com muito carinho. Deleitar-me em suas leituras é algo maravilhoso e, muitas vezes edificante!

Resultado de imagem para quem sou eu?
Bom dia, com beijos e afetos e uma saudade tão grande que nem sei quantificar rs.
********************************************

"Havia uma preocupação em Jesus acerca daquilo que pensavam a seu respeito. Por conta de seus atos muitos conceitos iam se formando em relação a sua verdadeira identidade. Sua vida era dinâmica, não pela extensão de sua agenda somente (não somente extensa, mas intensa. Nunca houve nem haverá tanto quanto), mas em virtude do aspecto multiforme de Deus nEle. Havia uma crise de identidade, não nEle, mas no povo.
 Hoje em nossa vida há também essa mesma crise, consciente ou não, em nós e no povo que é determinada pela forma como conduzimos nossas vidas."

“O aforismo grego "Conhece a ti mesmo" (grego: γνωθι σεαυτόν, transliterado: gnōthi seauton; também ... σαυτόν ... sauton com o ε contraído), é uma das máximas de Delfos e foi inscrita no pronaos (pátio) do Templo de Apolo em Delfos de acordo com o escritor Pausanias (10.24.1)”.
A máxima, ou aforismo, "conhece a ti mesmo" teve uma variedade de significados atribuídos a ele na literatura. A Suda, uma enciclopédia grega de conhecimento do século X, diz: "o provérbio é aplicado àqueles que tentam ultrapassar o que são", ou ainda um aviso para não prestar atenção à opinião da multidão.
“Máxima ou sentença que, em poucas palavras, explicita regra ou princípio de alcance moral; apotegma, ditado”.
 “Texto curto e sucinto, fundamento de um estilo fragmentário e assistemático na escrita filosófica. Relacionado a uma reflexão de natureza prática ou moral.”


 
 
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 24/11/2016
Alterado em 24/11/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras