Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos

hqdefault.jpg


Aqui não!

 
Caminhando sobre a fria areia
da praia...

Colecionei conchas,
Visualizei doces sorrisos,
Ouvi  tua voz plena de ternura,
Colecionei o bem, e percebi
que...

 
Sou apenas um minúsculo e
(quase) imperceptível ponto perdido diante da imensidão do universo,
Mas, de dentro do meu olhar
Surge sempre uma luz
Capaz de enxergar o mundo,
Seu Criador,
Suas maravilhas,
Seus filhos e filhas.

Em contra partida
Vejo, tantas vezes sob lágrimas,
Outras, entre perplexidade e indignação o mal que o ser humano
é capaz de fazer à humanidade.

Jamais entenderei a perversidade
Tão repetitiva, tão nociva e instintiva, 
a qual me faz crer, está instalada e
enraizada no coração e na alma
de 'alguns humanos'...


Resultado de imagem para aqui não é meu mundo

Acredite! 
Descobri que tenho asas, por isso,
Logo que o tempo for favorável,
Voarei para bem longe,
Irei viver em outro mundo,
Lá onde terei novas histórias
Para contar aos nossos filhos e netos,
E às crianças do "Rodas de leituras"...
Um lugar onde a vida é possível.


Resultado de imagem para aqui não é meu mundo

Levarei você comigo, amor.
Aqui não é nosso lugar!

isisdumontprosaeverso.net

tumblr_mi4hxeCcCp1rekgdno1_500.jpg

*******************
**********

Caríssimos, por força das atuais circunstâncias, somente a partir do dia 05/12, estarei visitando e 'florindo' em suas escrivaninhas, com muito carinho...
Está tudo bem comigo e os meus.
Beijos e até lá!


À DESCOBERTA DO AMOR

Ensaia um sorriso 
e oferece-o a quem não teve nenhum. 
Agarra um raio de sol 
e desprende-o onde houver noite. 
Descobre uma nascente 
e nela limpa quem vive na lama. 
Toma uma lágrima 
e pousa-a em quem nunca chorou. 
Ganha coragem 
e dá-a a quem não sabe lutar. 
Inventa a vida 
e conta-a a quem nada compreende. 
Enche-te de esperança 
e vive á sua luz. 
Enriquece-te de bondade 
e oferece-a a quem não sabe dar. 
Vive com amor 
e fá-lo conhecer ao Mundo.
Mahatma Gandhi



 
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 25/11/2015
Alterado em 25/11/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras