Ísis Dumont -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos

 
Madrugadas


frases_sobre_madrugada03.jpg
 

Feitas de silêncio, quem dera fosse só alguns sons atravessando as janelas; melhor se fossem inaudíveis para não atrapalhar o momento sagrado da maioria.
Madrugadas existem para que se viva a melhor parte do sono... Só não deveria haver 'músicos' desafinados, declarações de amor, do tipo que ninguém gosta de ouvir a não ser eles próprios. 
   Essas pessoas fazem de tudo, menos respeitar o sono; trazem o caos para os becos, vielas, ruas e praças. Dançam sem poder, cantam, inclusive outros idiomas sem saber, tumultuam, perturbam, tiram a paz e o sossego de quem trabalha e de quem não mais trabalha porque já trabalhou demais. 
Madrugadas, fazem a hora sem saber, descem dos saltos e 'ignoram' a lei; a lei dos homens e a lei natural, do respeito aos que dormem ou tentam repousar após um dia de trabalho fatigado, estressante, vivido na insegurança, sob a ameaça de que a qualquer momento algo de ruim possa acontecer.
Na madrugada, logo ali, homens e mulheres trabalham, limpam a sujeira, cumprem o dever do ofício antes, muito antes de o sol raiar. Evitam o calor escaldante.
Passar por aqui, eu nem pensei antes. Meu sono trouxe-me sonhos agradáveis, grafitei alguns versos, gerei um poema, mas, quando ia ensaiar para recitá-lo, eis que tudo foi interrompido. Entretanto, meu poema não se perdeu. E mesmo em sonho, com ou sem vândalos, minha poesia há de virar história.
Logo que, forçadamente, despertei, distribuí versos sobre a tela..., preenchi de emoção e sentimentos as letras que ainda em sonho desenhei. Meu coração apaixonado imaginou o alvorecer e, sem hesitar bordou à mão, para te presentear... a mais linda aquarela.

paisagem-do-inverno-da-aquarela-c%C3%A9u-da-noite-sobre-o-rio-51966108.jpg
********************************
****************
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 06/11/2015
Alterado em 24/02/2018
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras