Ísis Dumont -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos

Tributo à Fabíola


11753681_738491859610863_4110398766707269608_n.jpg?oh=a71bda5e81a55efc3f1cd16f2a9bec9a&oe=5649798B

 
Uma mulher como outra qualquer. Uma jovem mulher de apenas 26 anos, mãe de três filhos. Fabíola nasceu do amor de um casal de agricultores, pessoas trabalhadoras, humildes, porém, honestas. Residindo na zona rural, em meio à inúmeras dificuldades, teve pouco estudo. Logo cedo, como qualquer menina de sua idade, se apaixonou, e assumiu um relacionamento. Posteriormente tornou-se mãe de um menino que tem atualmente 07 anos. Depois vieram mais duas crianças. 
Fabíola, mulher guerreira, trabalhadora rural como milhares ou milhões de mulheres neste país! Certamente, por falta de opção, falta de oportunidade, não 'tem' outra profissão... Sempre lutou para sustentar seus filhos! Obviamente 'sonha' com um futuro melhor para seus pequenos. Jamais 'almejará' para eles a mesma sorte que ela. Embora isso não signifique que cultivar a terra, produzir alimentos, seja algo ruim, não! Mas, por outro lado, para quem luta pela sobrevivência e sobrevive com tão pouco, não deixa de ser uma vida bastante sofrida! 
Uma mãe atuante na comunidade, presente na vida dos filhos, de seus pais, irmãos e familiares. 
Fabíola deixou de esboçar esse sorriso 'tímido', com seu jeito simples, ainda de adolescente, também deixou de pegar sua bebezinha de 01 aninho, no colo. Não vai mais à missa nem aos eventos na comunidade. Deixou de visitar seus pais e amigos. Não mais ouve os reclames de suas crianças...
Ela 'dorme' tranquila junto com suas criancinhas, às 02hs da madrugada do último domingo do mês anterior. Um bandido encapuzado invadiu sua residência e a assassinou a golpes de picareta, ali diante de seu filho mais velho, de apenas 07 anos de idade.
A mão do carrasco, motivada, sabe-se lá "porque"... O crime ainda está sendo investigado... O sangue de Fabíola misturou-se às águas das chuvas e encharcou o chão naquela região. Calou-se para sempre seu sorriso de menina-mulher!
Fotos de Fabíola, ao lado dos padrinhos e do Padre, no dia do batizado de sua filhinha mais nova, em celebração na própria comunidade.

11750733_1017560504954047_3143593293273118919_n.jpg?oh=90eb5b80fd670443507b26f63aa76d95&oe=5649B6FE
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 06/08/2015
Alterado em 06/08/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras