Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos


images?q=tbn:ANd9GcRxCj4-JUQwgMR8a8uzhIPegoCarNhd-nBBITvaB6azUIfSxfMq

Isso foi ontem

Quero que saiba que você
me deixou
assim...
triste, sozinha, insone, entre lágrimas e
com saudades de mim.

Saudades do tempo em que eras apenas
uma sombra
distante no horizonte.
Tempo em que eu acreditava no amor, de outra forma.
Hoje, a vida entrou em meu quarto
e me empurrou para ver
o sol na minha janela.
Corri para a fonte, banhei o rosto
e deixei (ainda entre soluços) que seu brilho
mais uma vez
me contagiasse.
Pena que você não sente assim!
*****
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 14/07/2015
Alterado em 14/07/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras