Ísis Dumont -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos



Resultado de imagem para pequeno livro

LEIA-ME
 
 
Tomado em algumas mãos,
Pouco lido sem concentração; 
Superficialmente entendido,
Outras vezes, por tantos
Incompreendido,
Algumas vezes posto de lado
Ou na gaveta esquecido.

Na capa, configurado
Meu eterno romantismo
Tingido por suor e lágrimas
Misturadas à poeira
Acumulada nas sandálias,
No trajeto percorrido.

Existe páginas rasuradas
Precisando refazer;
Outras ainda em branco,
O tempo é quem vai dizer
Se as escreverei sozinha,
(mas... se depender de mim)
Quero escrever com você!

Desenho vírgulas, por necessidade;
Para melhor compreensão há
Ponto de interrogação e exclamação;
Reticências, são essenciais
Quando preciso pausar...
Porém o ponto final,
Faço questão de não usar.

Sou parte desse pequeno livro,
Nele há páginas dobradas,
Sofreram descontinuidade;
Algumas tão desbotadas,
Mas... escritas com conteúdo,
Mescladas pela saudade;
Espero, seja agradável.
Aguardo  sua leitura.

*****

Ísis Dumont
Inspirou-me:
"Leia-me"
de: Robson Ruas




 
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 13/05/2015
Alterado em 13/05/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras