Ísis Dumont -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos

images?q=tbn:ANd9GcSX_xncQtvnRtgpIhhO1jIfwcIh2C7uVxanXgHqE_AzfKwLH5Qh6w
Acalanto na Madrugada

É fim de noite, ouço ruídos que
Vem da rua,
Estou sem sono, leio alguns versículos,
Medito um pouco,
Saio na varanda, procuro a lua,
Que já partiu, me largou sozinha
Na companhia de alguns cigarros
e da cafeina...
Longos suspiros, me levam ao tempo
Em que sonhava e redigia
Antes do sono,
Para te acalmar- uma Canção. 
Por ser tão tarde, criança minha,
Deita e dorme, sonhe com os anjos,
Receba os afagos de uma estrela,
Além do beijo que vou mandar
Pelo primeiro anjo,
Que estará aqui, quando o sol raiar.
*******
Ísis Dumont


 
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 24/08/2014
Alterado em 24/08/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras