Ísis Dumont -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos

10371369_669174999824689_6181027281207077994_n.jpg?oh=ce2e0806ce3d2711591446f8d246afee&oe=542AC7A3   
                                  Um terno olhar
 
Deixei cair pelo caminho restos de negativas lembranças,
A história nem sempre se fez de belos momentos,
O mais importante é que tempestades foram vencidas
E hoje dão lugar ao amor maduro, compreensivo.


Não foi fácil entender e aceitar esse teu jeito,
Confesso que até pensei não conseguir,
Mas hoje sinto que compreendo de verdade
Tua forma "diferente" de amar e ser feliz.

Viajei levando comigo teu sorriso,
Em minhas lembranças teu sotaque, tua voz.
Lembro que estar contigo é provar do paraíso,
Peço a vida que apresse o tempo e encurte 
qualquer "distância" entre nós.

Guardo para ti meu amor e meu carinho,
E essa saudade que me leva a suspirar,
Guardo também a doçura dos teus beijos
E toda ternura que existe em teu olhar.
************************************

Foto: /(.
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 21/06/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras