Ísis Dumont -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos


POE/ART (Interpretação)
 
Rosas
Vermelhas, brancas, amarelas
Não importa a cor, todas são belas,

no centro do jardim
chamam a atenção.
Pétalas suaves, delicadas,
perfumadas, orvalhadas,
merecem do jardineiro a dedicação.
Rosas são presentes para
os "namorantes"
Inspiram os poetas, causam
inveja à lua e ciúme às estrelas.
Rosas combinam com qualquer ambiente, nos diversos momentos
da vida...
Rosas não choram,
Mas dependendo da ocasião...

- Elas mudam de cor.
*******
Ísis

Informes sobre o processo criativo
do Poe/Art
na página do autor:
Maurício de Oliveira
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 27/03/2014
Alterado em 27/03/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras