Ísis Dumont -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos


Qual (ais) a cura/as que estamos necessitando?
É muito importante que não tenhamos receio de contar isso para Jesus! Ele é O Único que sabe nos ouvir em silêncio, compreende nossas fraquezas, nos ama incondicionalmente, e por isso nos perdoa sempre! A nós cabe ouvir Sua voz no silêncio do nosso eu, compreender o que Ele nos pede em Sua Palavra, e atendê-Lo!
Pensemos mais nisso!
Bom dia!!!
Tenham uma semana iluminada onde todas as honras e glórias sejam dadas a Ele!!!
Beijos e meu carinho!!!

Isis Dumont

Assim mesmo sem cor, não posso usar os recursos que o Site meoferece. Não entendo o que houve!


Mt-8%252C7.jpg

Em união com todos que se encontram neste ambiente virtual, iniciamos nossa Leitura Orante do Advento, com a

Canção do Advento

Ó vem, Senhor, não tardes mais! 
Vem saciar nossa sede de Paz!   
  1.   Ó vem, como chega a brisa do vento, 
Trazendo aos pobres justiça e bom tempo!  
2.   Ó vem, como a chuva no chão   
Trazendo fartura de vida e de pão!  
3.   Ó vem, como chega a luz que faltou   
Só tua palavra nos salva Senhor!  
4.   Ó vem, como chega a carta querida   
Bendito carteiro do Reino da Vida!  
5.   Ó vem, como chega o filho esperado   
Caminha conosco Jesus Bem amado!  
6.   Ó vem, como chega o Libertador   
Das mãos do inimigo nos salva Senhor

Veja a melodia desta canção em: http://leituraorantedapalavra.blogspot.com/

 
1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto na minha Bíblia: Mt 8,5-11 - Jesus cura  sem limites

Quando Jesus entrou na cidade de Cafarnaum, um oficial romano foi encontrar-se com ele e pediu que curasse o seu empregado. Ele disse:
 - Senhor, o meu empregado está na minha casa, tão doente, que não pode nem se mexer na cama. Ele está sofrendo demais.
 - Eu vou lá curá-lo! - disse Jesus. O oficial romano respondeu:
 - Não, senhor! Eu não mereço que o senhor entre na minha casa. Dê somente uma ordem, e o meu empregado ficará bom. Eu também estou debaixo da autoridade de oficiais superiores e tenho soldados que obedecem às minhas ordens. Digo para um: "Vá lá", e ele vai. Digo para outro: "Venha cá", e ele vem. E digo também para o meu empregado: "Faça isto", e ele faz.
 Quando Jesus ouviu isso, ficou muito admirado e disse aos que o seguiam:

 - Eu afirmo a vocês que isto é verdade: nunca vi tanta fé, nem mesmo entre o povo de Israel! E digo a vocês que muita gente vai chegar do Leste e do Oeste e se sentar à mesa no Reino do Céu com Abraão, Isaque e Jacó. 

O oficial romano, por ser pagão, era para os judeus “ impuro”, isto é, inaceitável. Um judeu observante não falava com um pagão e, muito menos, entrava na sua casa. Era o preconceito, por ser ele considerado impuro. O oficial romano é também chamado “centurião”, derivado de “cento”, ou seja, chefe de um batalhão de cem soldados. Pela  sua fé,  elogiada por Jesus, o centurião se torna representante de todos os pagãos que crerão em Jesus. Fica também entendido que as fronteiras do Reino de Deus vão muito além das fronteiras que criamos. A fronteira é a fé. Sem esta fé não se entra no Reino.


2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim?
O texto do Evangelho lido me fala de Não discriminar a ninguém e também, de fé. Os bispos, em Aparecida, usaram uma expressão interessante: "a formosa aventura da fé": A Igreja, como “comunidade de amor” é chamada a refletir a glória do amor de Deus que, é comunhão, e assim atrair as pessoas e os povos para Cristo. No exercício da unidade desejada por Jesus, os homens e mulheres de nosso tempo se sentem convocados e recorrem à formosa aventura da fé. “Que também eles vivam unidos a nós para que o mundo creia” (Jo 17,21). A Igreja cresce, não por proselitismo mas “por ‘atração’: como Cristo ‘atrai tudo a si’ com a força de seu amor”72. A Igreja “atrai” quando vive em comunhão, pois os discípulos de Jesus serão reconhecidos se amarem uns aos outros como Ele nos amou (cf. Rm 12,4-13; Jo 13,34)." (DAp 159 ).


3.Oração (Vida)
Vivo esta fé que cria também a comunhão?
 
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, com salmos e concluo com a canção do Pe. Zezinho
Eu não sou digno

Eu não sou digno, ó meu Senhor
Eu não sou digno, 
De que tu entres, ó meu Senhor, na minha casa
porque és tão Santo e eu pecador
eu nem me atrevo a ti pedir este favor
Eu não sou digna, ó meu Senhor
Eu não sou digna, 
De que tu entres, ó meu Senhor, na minha casa
meu coração é tão pecador
eu nem me atrevo a ti pedir este favor

Mas se disseres uma palavra, 
a minha casa se transformará
Uma palavra é suficiente
suavemente ela nos salvará (2x)

Álbum: Canções que a fé escreveu
Faixa: 14 , Paulinas/COMEP
Aparecida Ramos(Ísis Dumont) e Site: Leitura Orante
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 02/12/2013
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras