Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos


 Vim Te Desejar Boa Tarde!!!


De manhã estive aqui,
logo precisei sair, mas agora
resolvi voltar...
senti saudades de vocês,
faço desse "Paraíso" meu
segundo lar!

É aqui onde encontro
palavras que, muitas vezes
gostaria de ouvir...
É aqui onde canto quando
estou inspirada e enquanto
escrevo poemas de amor,
mesmo sem saber para quem
ou... se alguém irá ler
pelo menos uma vez!

É aqui onde abro meu coração,
realimento minha alma
quando leio textos que me
encantam, inspiram, emocionam,
me fazem rir ou chorar, e acreditar
que vale a pena amar muito e
cada vez mais!

É aqui também onde deixo
minhas dores e lágrimas expostas,
sem medo, sem vorgonha,
sem sequer mensurar o que
"outros(as)" irão pensar ou falar!
Mas deixo também nas entrelinhas
de meus versos, meu amor e carinho
impressos e minha forma de amar!

Para mim o mais importante
é ser o mais "transparente" possível,
falar com sinceridade, pôr para fora
as verdades da alma, ainda
que em algum momento
tivesse pensado em ocultar!

Não sei, como não sabemos
até quando nossos "pés" nos conduzirão
a este "oásis" das letras...
Mas de uma coisa tenho convicção:
mesmo havendo "determinadas" reservas
de resistência a este meu ato
de escrever...
Eu viverei para isto também,
e quando chegar minha hora de partir,
morrerei tranquila...
Minha alma viajará em paz,
porque na vida soube amar as pessoas sem
discriminação, e não me omiti de falar a
verdade no momento que julgo oportuno,
além de exercitar o perdão.

*****************

Obrigada a você pela paciência em ler minhas frases singelas.  Me esforço bastante para que minhas palavras não sirvam para ofender sob nenhuma hipótese, meu próximo, mesmo que eu receba isso de alguém!
Deixo-lhe meu Muito Obrigada!
Ternos beijos e abraços de luz, paz e carinho!
Tenho orgulho de ser sua amiga e de poder contar com você na lista de minhas verdadeiras amizades!

Simplesmente:
Isis
Foto na "Quinta da Boa Vista"-RJ, em 09/02/13, sábado de Carnaval.

 

"Porque se eu me calar, até as pedras falarão por mim".



Ísis Dumont
Enviado por Ísis Dumont em 25/06/2013
Alterado em 26/06/2013
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras