Ísis Dumont -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos



Com Amor e Afeto



Hoje, faço-te versos
Com palavras doces,
Doces versos que não oferecem
Contraindicação...
São versos amorosos, 
Extraídos do fundo da alma
Com toda verdade do meu coração.
São versos desenhados
Com amor e afeto,
Para trazer-te a sensação de paz,
Embalada em carícias 
Que irão tocar tua alma
E trazer-te, nessa noite, calma.
Quero que em meu colo descanses,
Desfaças em pedaços, tuas histórias
Tão fatigadas...

Desejo ser apenas apoio, 
Com amor e ternura, olhar em teus olhos...
E, se por acaso não puderes falar,
Deixa-me somente te amar...
Não me fales nada!

De ti, ainda preciso,
Que possas deixar-me
Um pequeno espaço... 
Onde caiba um abraço, 
E meus versos imprecisos,
Que mesmo sendo doces, receio
Que sejam, talvez recebidos...
Como descabidos ou mal entendidos.



Isis

Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 24/02/2013
Alterado em 25/02/2013
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras