Ísis Dumont -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos



Compartilhemos Sorrisos
 
 
 




Não queira exibir um rosto fechado,
Do tipo que "não há chave que possa abri-lo".
Jamais se “orgulhe" disso,

Não vale a pena.
Pense no quanto esse tipo de "fisionomia"
Pode gerar antipatia...
Sorrir não custa quase nada, basta exercitar um Pouco os músculos da face, se você possui essa “Dificuldade.”
Seja flexível com você mesmo.
Mande embora o mau humor.
Tente transformar-se interiormente
Para melhor.
Aproveite para treinar seu sorriso no banheiro.
Em frente ao espelho ria de você mesmo.
Ria de seus erros, dos tombos que a
Vida lhe deu.
Ria de seu mau humor...
Você não é capaz? Tente!... Vai conseguir!
Já parou pra pensar em quantas pessoas tristes, Doentes, sem esperanças ou infelizes, você deixou De ajudar quando lhes negou um sorriso?
E quantas pessoas não tiveram motivo para sorrir Porque não viram o seu sorriso?
De agora em diante, pense nisso!
E ria..., principalmente do tempo que
Perdeu, quem sabe, já a esta
Altura da vida,

Sem se dar  a chance, sem dar essa oportunidade
Às pessoas de poder enxergarem  em você
Um ser humano agradável, uma alma feliz!!!
Um sorriso no rosto não significa ausência de Problemas,
Mas pode significar que por trás
Daquele rosto existe alguém que em
Qualquer circunstância da vida está sempre
Pronto para recomeçar, sem maiores Lamentações,
Sem mau humor, ainda que por dentro
A alma, algumas vezes esteja...
Em soluços.




 

Isis Dumont
PS.: "Faça o que eu mando e... faço!"
Sorria... de verdade!!! rsrsrs
Foto: Quando sentei para descansar um pouco na descida da escalada, em 14/10/2012, Parque Estadual Pedra da Boca, Araruna - PB, Brasil.
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 06/11/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras