Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos


Amor à Luz da Lua

AMOR_LUA%255B1%255D.jpg

O sol vai gradativamente suavisando seu calor insuportável. A tarde, docemente estende seu manto para acolher a noite que se aproxima. O firmamento pontilhado, pintado por estrelas que cintilam, derrama seu olhar terno sobre a terra. A lua intensificou sua luz, e curiosa, sentou-se no banco da praça, e durante toda a noite prestigiou o nosso amor récem descoberto. Até o vento deu uma trégua em suas viagens mais distantes e se ofereceu para refrigerar o ambiente. Momentos de amor assim são inesquecíveis e pedem com certa urgência, outros inúmeros momentos.

Isis Dumont
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 08/04/2012
Alterado em 14/12/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras