Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos


O MEL E O FEL


Eu quero hoje partilhar contigo
A minha vida,
Te falar das feridas
Que o tempo me fez...
Colocar sobre a mesa
O mel e o fel
Dos quais já provei...
E mesmo tento buscado remédio
Ainda não cicatrizei!

Eu quero hoje partilhar contigo
A minha vida,
Te falar dos meus sonhos
Dos amores que amei
E das mortes que morri...
Dos céus que alcancei,
E dos infernos que vivi!

Eu quero hoje partilhar contigo
A minha vida,
Em suas insignificantes conquistas
Sem esconder pesadelos,
Nem sentir medo de olhar no espelho.

Eu quero hoje partilhar contigo
A minha vida,
Como se imprimisse em tua pele
E me tatuasse nela...
Porque em algum lugar sombrio
Minha vida tem cor, aroma, brilho e
Sabor da tua...
E não vive em mim apenas.

O meu presente é tecido
Da mesma trama do teu,
E nessa fonte, inesperadamente
Nos encontramos e nos saciamos...
Ao som imaginário
Do mesmo oásis cantante.

Isis Dumont

(Inspiração na poesia "A mesma fonte" de Roseana Murray)






Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 27/02/2012
Alterado em 28/02/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras