Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos



POETAS SÃO LOUCOS?...





00122.gif

Ou gostam de sofrer?...



O poeta

sonha
apanha,
 arranha
se assanha,
esconde a manha,
em segredo,
mas sem medo
de sofrer,
nem questiona,
se apaixona
sem vergonha,
se envaidece
endoidece,
depois sofre,
adoece
sem dizer
do que padece,
fica perto 
de morrer...
mas continua
a amar e 
a sofrer.
Ele não pensa
descompensa,
descortina-se
e continua 
a se reinventar,
volta a
se apaixonar,
e por amor...
volta a sofrer.
Será um vício,
ofício,
ou maluquice?

(Se você tiver a resposta, escreva-me, vou adorar e estou precisando saber, (rsrsrs).
Isis Dumont

 
Ísis Dumont
Enviado por Ísis Dumont em 18/12/2011
Alterado em 19/12/2011
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras