Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos

                            
                    
                              FECHADO PRA BALANÇO




coracaokv3.jpg


Mais um ano termina. Nem todos os investimentos apresentaram resultados dentro das expectativas. Alguns insucessos são normais.  Faz parte. Obviamente, nem tudo é lucro ou prejuízo somente. É hora de avaliar, contabilizar. Analisar parâmetros anteriormente estabelecidos. Qual será o lado da balança que pesará mais?...

Meu coração (que não é de ferro) também fechou. Seus parâmetros precisam passar por uma análise  minuciosa. Suas esticadas de pernas me deixam preocupada. Seus desejos desenfreados levam à atitudes, às vezes, descabidas ou radicais. Não ouve conselhos. Pensa que está sempre com a razão.

Adora viajar. Desbravar florestas virgens. Aventurar-se por mares bravios nunca antes navegados. Adora voar. Quando está nas alturas sente-se o máximo. Se pudesse seria funcionário da NASA. Sou a única preocupada com sua saúde. Felizmente não é hipertenso nem sofre de taquicardia. Apenas vive o estresse natural. Não é pra menos. Todo mundo é assim. Nesse mundo louco só os bebês não estão estressados, talvez.

A última vez que passou no cardiologista lembro que sua pressão estava a 12x08. Tenho facilidade para memorizar números, inclusive de meus documentos. Conheço esse coração. Suas portas não resistirão fechadas por muito tempo.

Estamos nos aproximando do Natal. É tempo de acolher, de ser solidário. É tempo de mais perdão, mais esperança. É tempo de escancarar as comportas e deixar derramar amor por todos os lados. Por isso, a operação balanço será o mais breve possível. Apenas uma síntese, mas criteriosa.

Nenhum deslize, nenhum  investimento de risco ou mal sucedido ficará de fora dessa avaliação. Vem aí um novo ano. Os dias serão iguais. O calendário é que será substituído. O tempo  não pára, mas é sempre o mesmo. Novas devem ser as nossas atitudes. Nada de repetir os insucessos.

O coração é todo emoção. Mas a cabeça foi feita pra pensar. Por isso, é preciso "abrir alas" para a razão. Embora, muitas vezes o coração também tenha razão, mas a própria razão desconhece esse fato, já dizia o filósofo (...esqueci o nome).

Mulheres e homens serão sempre velhos enquanto suas atitudes não se renovam. Um novo ano requer mulheres e homens também renovados. Pense nisso! (...)

Isis Dumont

 
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 09/12/2011
Alterado em 10/12/2011
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras