Ísis Dumont -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Meu Diário
20/07/2014 11h01
Meu Amor, um poema

 

Bom mesmo é saber que acima de tudo estás

Neste poema, igual vento suave que

Chega e entra em todo lugar.

Foi assim...

Você apareceu;

A tarde estava quase no fim...

Trouxe-me um poema (seu), e

Sem dizer palavra alguma,

Segurou minhas mãos,

Beijou meu rosto, me abraçou forte e

Nunca mais saímos um do outro!

*************************************

Simplesmente:

Ísis Dumont

 

 

 

 

 


Publicado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 20/07/2014 às 11h01
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras